Please wait...

Archive Page

Exemple
Jogos para empresas. Advergame.

Antes de começarmos a falar sobre o assunto deste post, que são as vantagens de se usar um Advergame para promover a sua marca ou seu produto, vamos entender o que é isso.

O que é:

Pepsi Invaders Primeiro Advergame

Pepsi Invaders Primeiro Advergame

Advergame é o termo utilizado para definir uma categoria de jogo, não o estilo dele. Você pode ter estes games no estilo corrida, adventure, luta, aventura, puzzle ou qualquer outro estilo de jogo existente, bastando que o estilo do jogo (preferencialmente) combine com a mensagem que você quer passar para o consumidor.

Nesta categoria podemos colocar todos os jogos que visam a divulgação de uma marca ou de um produto, de forma que esta divulgação esteja imersa no universo daquele game.Usar uma propaganda direta, no estilo convencional dentro de um jogo é o que chamamos de IGA (In Game Advertising), por exemplo, colocar outdoors de um produto de limpeza dentro de um jogo de corrida, porém este tipo de abordagem acaba sendo um pouco menos efetiva em alguns casos.

No advergame o produto ou marca é parte chave do game, como no exemplo acima sobre o produto de limpeza, poderíamos fazer um jogo no estilo ação/casual onde você deve disparar o produto para matar as bactérias que estão infestando o seu banheiro.

Por que usar?

Agora que sabemos o que é, quais seriam as vantagens de utilizar um jogo para divulgar um produto, as pessoas já estão tão acostumadas a absorver a mídia convencional ligada às propagandas, por que fazer um advergame para a minha campanha?

Para começar a responder, já podemos dizer logo de cara que o fato do advergame ser uma forma diferente de divulgar a marca já chama mais atenção do consumidor.

Outro ponto interessante sobre estes jogos são os benefícios que ele pode trazer para a campanha, dependendo de qual é a meta principal da mesma. O advergame pode servir para várias coisas além da divulgação propriamente dita, por exemplo:

  • Coletar dados dos seus consumidores como idade, interesses, estilos preferidos de músicas ou roupas, etc.
  • Gerar cadastros para mailing
  • Testar receptividade sobre determinada mudança em produtos
  • Gerar o tão sonhado marketing viral
  • Melhorar o reconhecimento da marca pelo público alvo.
  • Aumentar as vendas.
  • Manter o usuário por mais tempo no site da marca, em caso de jogos no navegador.
  • Passar melhor a ideia de como o produto funciona.

Existem outras vantagens, mas estas são as que consigo lembrar por agora.

Um Advergame para meu produto já basta para ele ser um sucesso?

A resposta é bem simples: Não.

Advergame - Game Hero (Foto: Divulgação)

Advergame – Game Hero (Foto: Divulgação)

 

Vale lembrar que o jogo sempre será uma das peças de uma campanha de marketing, não adianta contratar apenas uma empresa para desenvolver um game muito bom se você não tiver uma outra empresa especializada em divulgar a sua marca. Um bom exemplo disso é a campanha feita pela Intel em parceria com a Hive Digital Media e a agência de publicidade DM9.

Eles criaram o jogo Game Hero, fez um sucesso na época mas contava com anunciantes falando sobre o jogo (sites, blogs, mídia impressa) além de parceria com youtubers famosos na área de games e isso foi feito justamente porque o jogo proporciona uma viagem no tempo dos video games, levando o jogador dos consoles de 8 bits até gráficos 3D rudimentares.

O foco do game era divulgar o ‘ultrabook 2 em 1’ da Intel, a campanha foi grande e fez muito sucesso. Agora, teria a campanha tido tando sucesso assim se só houvesse apenas o vídeo promocional ou apenas anúncios em revistas ou sites especializados? Acredito que o impacto teria sido muito menor.

A vantagem de um bom advergame é que ele proporciona o marketing viral muito mais facilmente, um amigo fala para o outro sobre o jogo, ambos jogam e interagem com a marca muito mais facilmente do que tentar criar isso apenas com vídeos no youtube ou facebook.

Está interessado em criar um Advergame para a sua marca ou para alguma campanha publicitária? Fale com a gente aqui.

Read more